Terça-feira , 22 Outubro 2019
Home / Destaque / Mais de mil civis morreram na recente escalada de bombardeios na Síria, diz ONG

Mais de mil civis morreram na recente escalada de bombardeios na Síria, diz ONG

Mais de mil civis morreram desde o início, há três semanas, da ofensiva do regime sírio contra o enclave rebelde de Guta Oriental, de acordo com o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH). Das 1.002 vítimas contabilizadas até o momento, 215 são crianças, segundo a ONG com sede em Londres que monitora a guerra civil na Síria. A região sitiada pelo regime fica nos arredores de Damasco e é um antigo destino de viagens de final de semana para os moradores da capital síria. Atualmente, tornou-se um dos últimos redutos de rebeldes que lutam contra o regime do ditador Bashar Al-Assad. Leia: ‘Perdi 32 parentes na guerra’, diz sírio de Guta Oriental que fugiu para o Brasil. Apesar da Organização das Nações Unidas (ONU) ter aprovado um cessar-fogo para a região, ele não foi colocado em prática. Nem mesmo durante as cinco horas diárias, que os russos se comprometeram a respeitar, a trégua humanitária funcionou. A Rússia culpa os rebeldes.

A televisão estatal síria transmitiu neste sábado a partir da cidade de Mesraba, que fica perto da estrada que liga as metades norte e sul do enclave, após reportar que o Exército a havia tomado. A transmissão ao vivo mostrou uma cortina maciça de fumaça subindo atrás de casas e árvores da região, com o som de explosões ao fundo. A TV disse que a cena filmada em Mesraba mostrava prédios abalados e paredes cheias de marcas de tiros.

A captura de Mesraba e os avanços em direção às áreas rurais próximas deixaram importantes estradas diretamente sob o ataque do Exército, de acordo com o OSDH. Isso, na verdade, separou as grandes cidades de Harasta e Douma uma da outra e do resto do enclave, acrescentou.
No entanto, Hamza Birqadar, um porta-voz do Jaish al-Islam, um dos dois principais grupos insurgentes em Guta Oriental, disse que os rebeldes repeliram o ataque à Mesraba e nem Harasta nem Douma foram isoladas.

Veja Também

Marcelo tem lesão muscular na coxa e fica fora de campo por tempo indeterminado

Na manhã de sexta-feira (04), o Real Madrid confirmou que o lateral-esquerdo Marcelo sofreu uma ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *